12 maio, 2010

meu

Nas horas em que perco o controlo sobre a vontade, o vazio torna-se gigantesco.

Sinto um desespero impossível. Onde os pensamentos se perdem. Oscilam entre o bem e o mal entre o certo e o errado. Sabendo que não existem opções razoáveis.

Os dias tornam-se difíceis. Tristes.

Acabo por perder o equilíbrio que tão dificilmente consigo alcançar.

Este vazio é meu.

Só meu.

Por ele me responsabilizo.

Inteiramente.

Assim como, pelo seu custo emocional.

Tudo tem um principio, um fim e um propósito.

5 comentários:

MAAC disse...

I was very encouraged to find this site. I wanted to thank you for this special read. I definitely savored every little bit of it and I have bookmarked you to check out new stuff you post.
Animation courses

Hunny Hamilton disse...

Good efforts. All the best for future posts. I have bookmarked you. Well done. I read and like this post. Thanks.

Hunny Hamilton disse...

Thanks for showing up such fabulous information. I have bookmarked you and will remain in line with your new posts. I like this post, keep writing and give informative post...!

Daiane disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daiane disse...

Nossa! Não sei nem o que dizer, encaixou perfeitamente.
Gostaria de seguir o blog, mas não encontrei como!!!